Usina Nardini #GrandePorNatureza #SegurançaéVida

Áreas de Qualidade e Tratos Culturais da Agrícola iniciam o uso de pré-maturador no canavial

Áreas de Qualidade e Tratos Culturais da Agrícola iniciam o uso de pré-maturador no canavial
Áreas de Qualidade e Tratos Culturais da Agrícola iniciam o uso de pré-maturador no canavial
Áreas de Qualidade e Tratos Culturais da Agrícola iniciam o uso de pré-maturador no canavial

Áreas de Qualidade e Tratos Culturais da Agrícola iniciam o uso de pré-maturador no canavial

O aumento de amido no caldo pode estar associado às elevadas quantidades de impurezas vegetais (folhas, palmito e bainhas) que são processadas juntamente com o colmo da cana-de-açúcar. Atualmente, essas impurezas são ainda maiores com a proibição da queima e o avanço da colheita mecanizada da cana.

Com os altos índices pluviométricos (medição do volume de chuva em uma determinada área) e considerando as estimativas de um período de pré-safra chuvoso, tende-se a um aumento nos teores de amido.

Uma solução para amenizar esse provável problema, é a utilização de fertilizante nutricional com a presença de fósforo na composição, como alguns pré-maturadores.

Nesse caso, a operação atende às duas finalidades, a redução de amido e maturação do canavial.

"Com o atual cenário de aumento de custos, devemos buscar novas tecnologias que auxiliem no ganho de produtividade e, consequentemente, minimizem os impactos ocasionais pelos custos elevados", comenta o supervisor de Operações Agrícolas da Nardini, André Luiz Marques Parra.

O supervisor salienta que, com a aplicação dos pré-maturadores no canavial, buscamos também melhorar a qualidade da matéria-prima produzida, reduzindo o teor de amido e aumentando a produção de TAH (Toneladas de Açúcar por Hectare), gerando assim um maior retorno econômico para a empresa.

Sobre o momento atual

COVID-19

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência da navegação de acordo com a Política de Cookies.