Usina Nardini #GrandePorNatureza #SegurançaéVida

Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional

Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional
Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional
Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional
Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional

Eles voltaram! Aprendizes retomam início de carreira profissional

Por meio da liderança ativa, os Jovens Aprendizes são preparados para o mercado de trabalho e carreira profissional. "A liderança contribuiu muito para meu conhecimento sobre a área em que atuei e também para como lidar com situações do cotidiano. Aprendi a enfrentar imprevistos e sobre posturas adequadas no
ambiente de trabalho. A experiência como aprendiz foi importante para descobrir qual caminho quero criar como profissional. Estou estudando comunicação institucional e fui efetivada na Nardini na área de Comunicação e Marketing", relata Miriã Vitória de Souza, Auxiliar Administrativa da Nardini.

Gabrielle Neves, Jovem Aprendiz Nardini, atua no administrativo e retornou esta semana ao trabalho na usina. "Foi muito bom voltar ao trabalho. Eu espero crescer profissionalmente. Penso na possibilidade de ser efetivada, fazendo um bom trabalho. Ser Aprendiz ajuda muito, ainda mais tendo essa base em uma grande
empresa. Eu aprendo como funciona o ambiente de trabalho e isso vai ser importante para o meu desenvolvimento profissional. Estou trabalhando próxima a pessoas da área de Gente e Gestão e tendo contato com o serviço social por meio da área de Benefícios, duas áreas que eu já tinha interesse e essa experiência como aprendiz confirma o que eu pensei", constata.

Na Unidade de Vista Alegre do Alto existem três modelos de programas de aprendizagem: Aprendiz SENAI (Serviço Nacional da Indústria), apenas para jovens residentes da cidade, com ensino médio em curso ou concluído. Eles atuam no setor Administrativo, Financeiro, Recursos Humanos e Almoxarifado; Aprendiz SENAI Pirangi, apenas para jovens residentes em Pirangi - as atividades são teóricas, não há prática na empresa (as parcerias com o SENAI objetivam preparar jovens para atuar na empresa e na sociedade, no futuro); Aprendiz SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), para aprendizes de mecânica automotiva (jovens dividem atividades entre aulas teóricas e práticas na oficina).

Na unidade de Aporé, o programa de aprendizagem acontece em parceria com a RENAPSI (Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração) e funciona em modelo semelhante ao Aprendiz Senai de Vista Alegre.

Sobre o momento atual

COVID-19

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência da navegação de acordo com a Política de Cookies.